Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Taiobeiras - MG e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Taiobeiras - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Rede Social Twitter
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
13
13 NOV 2023
SAÚDE
Saúde participa do 3º Fórum Nacional de manejo ambiental de escorpiões, em Belo Horizonte
enviar para um amigo
receba notícias
#Saúde I Na última terça-feira (7), o Agente de Combate às Endemias, Móises de Oliveira, participou do 3º Fórum Nacional de Manejo Ambiental de Escorpiões, sediado em Belo Horizonte. O Fórum foi uma iniciativa da Federação Brasileira das Associações de Controle de Vetores e Pragas Sinantrópicas (FEPRAG), com apoio da Associação Mineira das Empresas Controladoras de Pragas Urbanas (MINASPRAG) e do Sindicato das Empresas de Controle de Vetores e Pragas Urbanas (SINDPRAG).
O objetivo foi discutir as questões relacionadas ao controle de escorpiões, com base em informações científicas.
O acidente por escorpião é um problema de saúde pública. No Brasil, nos últimos 10 anos teve um aumento de 149,3% nas notificações de acidentes por escorpião e a tendência é que esses números continuem a subir em regiões já atingidas, e que passem a se tornar realidade de outras que ainda não se depararam com esse problema.
Em 2023, conforme dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação, foram registrados 100 acidentes por escorpião em Taiobeiras.
Os escorpiões possuem hábitos noturnos e vivem em locais propícios para o surgimento de insetos, que são seus principais alimentos. Mas também, podem sobreviver longos períodos sem comida e água, escondidos em lugares escuros e úmidos. Por isso é importante intensificar as ações de prevenção e controle, por meio de medidas de prevenção como: uso de calçados e luvas nas atividades rurais e de jardinagem; examinar calçados, roupas pessoais, de cama e banho antes de usá-las; afastar camas/berços/sofás das paredes e evitar pendurar roupas fora de armários; manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas, lixo, entulhos e materiais de construção; colocar o lixo em sacos plásticos fechados, limpar regularmente móveis, cortinas, quadros, cantos de parede; vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos, forros e rodapés. Também é recomendada a utilização de telas, vedantes ou sacos de areia em portas, janelas e ralos; manter limpos os locais próximos das casas, jardins, quintais; evitar plantas tipo trepadeiras e bananeiras junto às casas e manter a grama sempre cortada; e limpar terrenos baldios.
Autor: ASCOM/Taiobeiras
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia