O Brasão
Imprimir

O Brasão

 

O Brasão é um dos símbolos municipais instituídos pela Lei 1.107 de 07 de Setembro de 2010.

É dividido em quatro partes: escudo, coroa mural, ornamentos exteriores e listel, conforme descrição e imagem abaixo:

 

  • O escudo representa as armas de Taiobeiras, sendo sua parte superior retangular e a inferior arredondada. É composto pelo chefe, que representa a bandeira estadual, o que remete à ideia de honra e glória do município em integrar o Estado de Minas Gerais. No campo azul se assentam as peças contidas no escudo e contém um sol de 16 pontas de ouro. O sol significa majestade, abundância e riqueza, representa um novo tempo que se inicia em cada alvorecer para um município e seus munícipes.
  • A coroa mural, que sobrepõe o escudo, representa toda a evolução político-administrativa das cidades, no brasão é composta por cinco torres em forma de castelos, simbolizando força e resistência.
  • Os ornamentos exteriores, que ficam à direita e à esquerda do escudo, são três folhas de Taioba (Xanthosoma sagittifolium) com caules e bulbos, devido a um grande taiobal que se formou no município dando origem ao nome Taiobeiras.
  • O listel é o espaço onde fica uma síntese de tudo que o brasão representa. No brasão é representado por uma fita, colocada horizontalmente, onde se encontram a inscrição: “Taiobeiras” ao centro, à direita a inscrição “12-12” e à esquerda a inscrição “1953”, compondo a data 12/12/1953, data de emancipação político-administrativa, em que foi instalado o primeiro governo municipal.

 

O antigo brasão foi instituído pela Lei 574 de Dezembro de 1987, com os seguintes significados: “O branco, azul e amarelo, simbolizando a nossa nacionalidade, com a projeção do Sol, astro maior de nosso sistema planetário, encimado pelo triângulo representativo de nosso Estado de Minas Gerais; o Sol no escudo significa o alvorecer do Município de Taiobeiras no contexto Norte Mineiro, futuro promissor de progresso. A cor branca representando candura de pensamento de seu povo, tendo ao Centro o brasão do Município.” A lei informava que o brasão foi criado com base em estudos heráldicos, porém em 2010 foi feita uma adequação, atendendo à todas exigências, criando assim um novo brasão que destaca a história do passado, o desenvolvimento do presente e as perspectivas do futuro do município. Abaixo a imagem do modelo antigo: