EDUCAÇÃO É TEMA DO DESFILE CÍVICO EM TAIOBEIRAS
Imprimir

alt

 

Todo o amor, respeito e civismo de centenas de taiobeirenses, foi destaque durante o tradicional desfile cívico, neste sábado (07).

A Avenida da Liberdade foi tomada por cores, música, arte, tradição e inovação, com crianças, jovens e adultos que defenderam a Educação como meio de liberdade.

“O desfile é uma tradição cívica de nossa cidade. É gratificante ver a participação popular, com pais que gostam de trazer seus filhos, instituições que gostam de participar e apresentar o que têm de melhor. É isso que torna nosso desfile lindo, de fato. Um retrato da diversidade e alegria que temos”, declarou o prefeito Danilo Mendes.

O tema central do desfile de 2019 foi: ESCOLA e FAMÍLIA: O Caminho para uma convivência harmoniosa na sociedade.

A Polícia Militar abriu o desfile apresentando suas equipes e equipamentos ao público. Em seguida o Pelotão das Bandeiras abriu espaço para os demais pelotões das escolas, que desfilaram apresentando os subtemas a seguir:
Pré-Escolar Gente Pequena: Resgatando valores e desenvolvendo habilidades
E. E. Dep. Chaves Ribeiro: Lições indispensáveis à vida - Do imaginário ao Literário
CEBEC: Lições indispensáveis à vida - Ludicidade
E. E. Prof. Dona Preta: Musicalidade
E. E. Dona Beti: Respeitar as diferenças é garantir a cidadania - Inclusão
E.M. João da Cruz Santos: A cor do Amor
Balizas e Fanfarra: EDUCAÇÃO, FAMILIA E ESCOLA: pela valorização cultural e empoderamento humano/social.
E.M. Tiradentes: Patrimônio Cultural
E.E. Dr. José Americano Mendes: Cultura, um mundo de possibilidades
E. E. Presidente Tancredo Neves: Saúde e sustentabilidade
E.M. João Santana: Educação para o trânsito
E.E. Oswaldo Lucas Mendes (EJA): Realizando sonhos adormecidos

Para finalizar, desfilaram o Interact Club, os Escoteiros de Taiobeiras, a Ordem DeMolay e o NUCA (Núcleo de Cidadania dos Adolescentes de Taiobeiras).

Um grande público, atento, observou os temas apresentados por cada entidade.

O desfile cívico foi um dia memorável também para o pequeno Carlos Correia dos Santos, de 6 anos, que participou do desfile, realizando um sonho. “Foi muito legal! Eu gostei de desfilar e ver todas as pessoas olhando, vi meu pai e minha mãe. Eu treinei bastante pro desfile pra ir bem, porque eu quero ser policial quando eu crescer”, contou empolgado.